Apostolado da Oração - " A força da Oração na Igreja"

Apostolado da Oração é a união dos fiéis que, por meio do Oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico, no qual se exerce continuamente a obra de nossa redenção. Desta forma, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade apostólica, colaboram na salvação do mundo.

 A ação apostólica e Missionária do Apostolado da Oração requer constante sintonia com o caminho da Igreja. O Apostolado da Oração está a serviço da Igreja que, por sua vez, é servidora da humanidade.

 Assim, o Apostolado da Oração não se dedica apenas à oração, enquanto outros se dedicam à ação. Nem propõe devoções, metodologias próprias, exclusivas, pessoais ou grupais. Também não é movimento que compete por espaços exclusivos, destaques no conjunto das pastorais e movimentos eclesiais.

 O Apostolado da Oração está à serviço de todas as pessoas, de todos os grupos e movimentos e ações evangelizadoras da Igreja.

 Em virtude da máxima vocacional - viver como Jesus, viver com Jesus -, o Apostolado da Oração torna-se em todas as situações da existência instrumento da evangelização. Tanto mais eficiente quanto mais cultivar a comunhão: Fé e vida; Oração e Serviço; Deus na vida e a vida em Deus.

 Dessa forma de ser e agir o Apostolado da Oração será sempre fonte de Comunhão concreta, inserida nos ambientes, para fazer a justiça de Deus acontecer. Ou seja, reconhecer-se-á como parte da Igreja toda, enviada a trabalhar pelo Reino de Deus, pela civilização do Amor. Ser sinal de esperança e alegria a partir da inesgotável misericórdia do Coração de Jesus Cristo.

 O Apostolado da Oração é uma referência ao centro da da fé Católica. Vale dizer, é importante não por ser Apostolado da Oração, mas por ser Igreja. Sua atividade é eclesial e dela podem participar todos os cristãos(ãs) realizando-se como trabalhadores da Vinha – em qualquer circunstância pessoal, social, cultural, familiar e de idade. Apostolado da Oração é para todas as idades.

 Todos podem trabalhar pelo fortalecimento do espírito Eucarístico na vida; pelo aumento da comunhão com Deus; pelo testemunho do sentir com a Igreja; pelo crescimento da devoção a Nossa Senhora Mãe de Jesus e nossa; pela revitalização da evangelização.

Pela construção pessoal, familiar, comunitária ao Sagrado Coração de Jesus todos se “matriculam” na escola de todas as virtudes, instituída por Jesus Cristo.

 Pelo oferecimento orientamos a vida para ser ao longo dos dias luz e sal da terra; construir e realizar-se com Cristo em toda parte um mundo melhor, a exemplo de tantos Santos e Santas, das gerações do Apostolado da Oração do passado e dos mais de 45 milhões de associados, atualmente em ação no mundo.

 Sempre é preciso lembrar a Eucaristia como fonte insubstituível da ação missionária evangelizadora da Igreja e na Igreja.

 Com a Igreja e na Igreja porque suas ocupações, orientações, são também as orientações e ocupações do Apostolado da Oração. Isto se visualiza, entre outras, pela acolhida das grandes intenções mensais propostas pelo Santo Padre ao Apostolado da Oração. Vizualiza-se , também, nas Igrejas Particulares, com o engajamento nas Orientações dos Srs. Bispos, Sacerdotes – diretores espirituais do Apostolado da Oração nas Dioceses e Paróquias.

 Cada região, cada ambiente tem suas peculiaridades, realidades contextos, que pedem aos associados do Apostolado da Oração, capacitação, formação, informação para partilha, convivência com o diferente, a fim de aproximar o horizonte.



 

DESAGRAVO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Ó JESUS, bem dissestes que recebeis dos homens ingratidões, frieza e desprezes. Muitos não querem Vos adorar, louvar e agradecer!

Diante de Vós, queremos desagravar o Vosso Sagrado Coração com a Homenagem do nosso amor. Nós também pecamos e imploramos Vossa misericórdia, primeiramente, para nós.

Aqui estamos, Senhor, a implorar Vossa graça para todos os que rejeitam a salvação e não aceitam os apelos da Vossa bondade. Queremos desagravar-Vos dos maus costumes, das imoralidades, da imodéstia dos vestidos dos pecados contra a moral familiar, e da profanação dos lugares sagrados e dos Sacramentos.
Para reparar a honra divina, tão ultrajada, oferecemos ao Pai Eterno os merecimentos da Virgem Maria e de todos os Santos e, sobretudo, os méritos infinitos do Vosso Santo Sacrifício na Cruz, perpetuado em nossos altares.

Recebei, ó Sagrado Coração de Jesus, pelas mãos de Maria Santíssima Reparadora, a espontânea homenagem deste nosso desagravo. Concedei-nos a perseverança no fiel  cumprimento dos nossos deveres cristãos, até a morte para que possamos chegará Pátria Eterna, onde Vós, com o Paie  o Espírito Santo, viveis e reinas pelos séculos dos séculos.

Amém.

   
  voltar